No dia 24 de novembro de 2016, a AFCEA Portugal promoveu uma visita à Base Naval de Lisboa no Alfeite, tendo participado 35 elementos representantes dos associados e dos órgãos sociais da AFCEA Portugal.

Na chegada à Unidade, o CALM Mário Durão, presidente da Direção, e os restantes elementos dos órgãos sociais, MGEN Miguel Rosas Leitão, Prof. Dr Paulo Cardoso do Amaral, COR António Salvado e Eng. Pedro Filipe, foram recebidos no edifício do comando, pelo Vice-almirante Comandante Naval, VALM Luís Carlos de Sousa Pereira que enfatizou o empenho da Marinha em manter a colaboração com a AFCEA Portugal desejando que esta visita seja uma oportunidade para conhecer as capacidades de duas das mais modernas unidades navais, a Fragata NRP D. Francisco de Almeida e o submarino NRP Arpão.

O programa iniciou-se com uma interessantíssima apresentação coordenada pelo Comandante da Esquadrilha de Sub-superfície, CMG Silva Gouveia, sobre as características, potencialidades e emprego operacional dos submarinos e das Fragatas Classe Bartolomeu Dias.

De seguida, os participantes tiveram oportunidade de efetuar uma visita ao NRP Arpão, comandado pelo 1TEN Paulo Henriques Frade e ao NRP D. Francisco de Almeida comandado pelo CFR Monteiro da Silva. Atendendo às características do grupo, foram relevadas as capacidades ao nível do Comando e Controlo e da tecnologia utilizada. 

Durante o almoço, patrocinado pela empresa FUTURETE, o VALM Sousa Pereira, o CFR Monteiro da Silva e o 1TEN Henriques Frade ofereceram ao presidente da AFCEA Portugal, “crestas” das respetivas unidades. O CALM Mário Durão, retribuiu, agradecendo a forma como decorreu a visita e o interesse da mesma para os associados, oferecendo a medalha da AFCEA Portugal ao VALM Sousa Pereira. Aos restantes oficiais que contribuíram para o sucesso deste evento, foram oferecidos exemplares do livro comemorativo dos 25 anos da Associação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.