Em 9 de junho de 2017, realizou-se o encontro dos estudantes e Faculty Advisors dos Clubes de Estudantes, com a finalidade de aproximar os capítulos nacionais que representam o espírito académico, as instituições do setor de Defesa e Segurança e as empresas associadas da AFCEA Portugal.

Os Clubes de Estudantes da AFCEA são organizações ligadas ao Sistema Científico e Tecnológico Nacional (SCTN) que pretendem dinamizar projectos que permitam sensibilizar os alunos, investigadores e corpo docente das Universidades em que estão instalados, para as necessidades e oportunidades de desenvolvimento tecnológico dos sectores da Defesa e Segurança.

O Clube  AFCEA de Estudantes de Almada , sediado na Escola Naval, Alfeite, esteve representado pelo Prof. Vitor Lobo (Faculty Advisor) , membros da nova direção  e por outros estudantes da Escola Naval.  A apresentação  feita pelo presidente do clube, CAD EN-MEC Nuno Lopes Nunes,  salientou  as  recentes atividades  em que os estudantes têm participado e  especificou os projetos I&D em desenvolvimento. Apresentação AFCEA Clube Almada

O Clube AFCEA de Estudantes da Covilhã, sediado na Universidade da Beira Interior  (UBI) esteve representado pelo Prof. Jorge Miguel Reis Silva (“Faculty Advisor”) e pela nova direção. O presidente do Clube, Luís Trindade, focou na sua apresentação as diversas atividades que têm sido desenvolvidas pelos estudantes, nomeadamente: na avaliação de infraestruturas e sistemas complexos; num robô com capacidade para perseguir veículos aéreos; no projeto intitulado "Sistema de Transporte Aéreo Multifuncional" constituído por um dirigível híbrido que pode ser utilizado para vigilância aérea de áreas militares e civis; pelo Olharapo, uma aeronave utilizada como veículo de teste para o estudo de uma asa telescópica; pelo UAV Solar, que utiliza células fotovoltaicas como fonte de energia; e pelo projeto Shell Eco Marathon que permitiu o desenvolvimento de um motor elétrico inovador. Apresentação AFCEA Clube Covilhã

O Clube AFCEA de Estudantes do Porto, sediado na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), não pode estar fisicamente presente no encontro por coincidência dessa data com exames dos estudantes representantes do Clube. Contudo, os estudantes gravaram um pequeno vídeo com a sua apresentação que foi exibido durante o encontro. A apresentação, feita pelos estudantes André Ranito, Nuno Fernandes, Diogo Moreira e Joana Fonseca,  focou as atividades do clube no ano transato, salientando a organização do WRSC – “World Robotic Sailing Championship” realizado em Viana do Castelo, em setembro de 2016. Os estudantes do Clube AFCEA colaboraram ativamente na organização do evento, sendo de destacar o importante contributo para a implementação de um sistema de seguimento remoto dos veleiros em prova e a automatização do processo de classificação das várias competições, o que foi implementado pela primeira vez nos 9 anos de história deste evento internacional. Apresentação AFCEA Clube Porto

Assinala-se ainda a participação da Escola Superior Náutica Infante D.Henrique (ENIDH), com um professor e 4 alunos, dois professores do Instituto Politécnico de Setúbal e um professor da Academia Militar, perspectivando-se a criação de novos clubes de estudantes que integrem estas instituições.

Este evento contou ainda com a participação da DGRDN (Direcção-Geral de Recursos da Defesa Nacional) do MDN, tendo o CFR Amaral Arsénio partilhado informação relevante sobre as actividades de I&D na Defesa. Na apresentação foram identificadas as áreas tecnológicas prioritárias para a Defesa, por forma a providenciar linhas de orientação para futuros projetos de I&D envolvendo a indústria e os utilizadores finais da Defesa e Segurança. Apresentação DGRDN.

No painel das empresas, que foi moderado pelo Dr Carlos Sezões da Stanton Chase International, participaram o Dr. Nuno Vinagre (Critical Software), o Eng.º Pedro Nunes (Edisoft - Thales Group), o Engº Helder Alves (INDRA Portugal) e o Eng.º Pedro Sinogas (Tekever). Neste painel foi debatido a empregabilidade no sector da Defesa e Segurança e as competências requeridas para o futuro por essas empresas – não apenas técnicas como também comportamentais e a necessária afinidade cultural. E, também, a “proposta de valor” do mundo empresarial para atrair e reter talento – com os possibilidades de criar, inovar e crescer internamente, com academias internas de desenvolvimento, desafios constantes e orientação para mercados globais. Por último, abordou-se a relação actual e futura com o meio académico, tanto do ponto de vista de recrutamento, como do ponto de vista da inovação e partilha de conhecimento

No final do encontro de estudantes tomaram posse os novos membros diretivos dos clubes de estudantes de Almada (Escola Naval) e da Covilhã  (UBI) e foram entregues prémios que distinguem a ação dos presidentes cessantes.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.