AFCEA Portugal e a Associação Industrial Portuguesa (AIP) realizaram no dia 25 de novembro de 2020 o webinar  "Cibersegurança Industrial: A nova fronteira da Cibersegurança". Este webinar contou com o patrocínio da redShift Consulting e da Fortinet e com o apoio da Arrow.

CALM Ref. Mário DurãoPresidente da Direção da AFCEA Portugal, enquadrou o tema nas atividades da AFCEA Portugal e conduziu o debate que contou com cerca de 120 participantes e que proporcionaram um período muito animado de partilha de conhecimentos sobre este tema.

O Dr Jorge Pais, Vice-Presidente da AIP destacou a utilidade em debater este tema de grande atualidade, que justifica o apoio que a Associação Industrial Portuguesa dispensa a esta iniciativa; aproveitou esta oportunidade para alertar as empresas para a necessidade de estar atento às ameaças presentes no ciberespaço e de investir na sua proteção e na segurança dos sistemas produtivos.

A Comunicação de Abertura "Como aumentar a maturidade de segurança na Indústria" proferida pelo Engº João Manso, CEO da redShift Consulting identificou alguns dos problemas de segurança que o sector industrial enfrenta, nomeadamente aqueles que resultam da utilização nos sistemas produtivos de protocolos mais antigos e que não implementam soluções de segurança eficazes e que eventualmente não são suscetíveis de atualização. Como tal, será fundamental conhecer a infraestrutura existente para identificar corretamente potenciais ameaças e riscos de modo a melhor proteger os sistemas críticos e garantir resiliência da produção.

O Engº Hugo Pernicha, Diretor de Gestão de Produto da Fortinet abordou "Os desafios da Cibersegurança Industrial" na perspetiva de um fornecedor de serviços. Sustentou a sua comunicação numa arquitetura de segurança que garanta a segmentação dos sistemas em diversas camadas de proteção do OT e do IT, com ferramentas de controlo nos níveis inferiores (linhas de produção), nos níveis intermédios (sistemas de operação e controlo) e nos níveis mais altos (redes corporativas).

Seguiu-se um painel debate sobre "Cibersegurança Industrial: a proteção da indústria na 3ª Década do Séc. XXI” moderado pelo Engº João Barreto, Fundador e CEO da CyberOps, e contou com a participação do Engº Rafael Aranha, Responsável pela Área de Cibersegurança do Grupo REN, do Engº Paulo Moniz, Director de Information Security and IT Risk na EDP - Energias de Portugal e do Engº Luis Mauricio, Senior Software Engineer/Gestor de Projetos na DRT Advance.

Este debate incidiu sobre as seguintes questões:

  • Perfil académico e institucional recomendados para o responsável pela Cibersegurança, nomeadamente competências próprias para gestão de risco e conhecimento transversal de toda a área de negócio;
  • Maiores desafios que as organizações têm de endereçar à luz de potenciais ameaças, como será a exposição dos ambientes produtivos a ataques cibernéticos, o estado de arte das soluções tecnológicas existentes, a falta de investimentos e de mão de obra especializada em Segurança e o balanceamento entre potenciais Riscos de Negócio e Riscos Operacionais;
  • Experiências e abordagens específicas de segurança seguidas em cada uma das organizações.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.